Jornalista » Textos

Neste sábado o que marcou o dia foi a série de reportagens que demonstra os problemas do poder público em executar o que é necessário ao cidadão.
Corrupção não é apenas uma prática de quem está em um alto escalão do poder. É uma prática propagada dentro da máquina pública.
O Facebook tem 250 milhões de pessoas jogando no seu espaço virtual. Os membros da comunidade virtual que acessam os jogos aumentou 24%¨, a quantidade de jogos cresceu 75%. Estes índices são de 2012.
Enquanto o vice-presidente, Michele Temer, vai para um lado o governo vai para o outro.
O indivíduo está no centro dos problemas? Ele é o grande responsável por tudo de ruim que acontece em sua vida? Seria um exagero, a princípio, mas não é.
O estado está se decompondo diante da economia mundial. Seu papel ideológico que foi tão importante durante a Guerra Fria (1945-1989) agora se deteriora diante das necessidades do cidadão-consumidor.
Conversa oca tem muita. Aquelas que se fala sustentada no nada. Uma das que mais rende é a discussão de menores envolvidos em crimes e a redução da maioridade penal.
Na vida quem não errou? Todos nós erramos, repetimos erros, por mais que em demasia denuncia problemas. Mas os que admitem o erro são os que aprendem com eles, por isso é um direito errar.
A presidente Dilma Rousseff apresenta seus primeiros sinais de desequilíbrio. O que muitos consideravam que seria a dama de ferro brasileira, agora demonstra falta de pulso com o próprio país.
Quem observa os noticiários sobre o poder político tem acompanhado a rivalidade entre o Poder Judiciário e Legislativo. Na prática excessiva do segundo a ação de combate do primeiro, fico com os de toga para não cair nas limitações naturais dos deputados.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS