Jornalista » Comentário

Nas lojas, as promoções de produtos parcelados em até 20 vezes com o mesmo valor do preço a vista é a demonstração de que compramos juntos com os produtos um financiamento.
Secretaria de Educação do Estado do Paraná que fechar escolas. Ao todo, há o interesse de fechar 71 unidades, 31 delas na zona rural. Outras são Centros de Educação Básica de Jovens e Adultos. Algumas unidades serão remanejadas.
A questão principal que envolve Cunha e o impasse no impeachment de Dilma é quem será derrubado primeiro, caso ocorra as duas quedas. Se Dilma cair primeiro a oposição terá cumprido uma estratégia fundamental para se minar o poder do PT e sua aliança com o PMDB. Caso Cunha se precipite antes que a presidente, o clima pode “azedar” para a oposição.
O PMDB será mais uma vez o grande fiel da balança para que o impedimento da presidente se viabilize. Desta forma, ele ainda continuará tendo a capacidade de se manter no poder, mesmo tendo o cargo de vice-presidente e de parte considerável dos ministérios após a reforma feita pela presidente na semana passada.
A Lei que está em tramitação no Legislativo brasileiro quer incluir homens públicos como beneficiários do “Esquecimento”. Além disso, eles querem criar obstáculos para que agentes policiais ou órgãos públicos possam investigar dados na internet, somente com mandado judicial.
Acredito que há mais o que fazer. Uma nova composição política de ser organizada para a tomada do poder e sua continuidade. A governabilidade para ser garantida vai mostrar uma nova face.
A ramificação que as investigações da Operação Lava Jato aponta são inúmeras, por isso a sua fragmentação, com membros do STF (Supremo Tribunal Federal) desejam pode enfraquecê-la. São casos como este que denunciam que a corrupção é propagada e integrada.
70% dos entrevistados não leram um livro se quer no ano passado. O levantamento também aponta o quanto a atividade cultural não é a principal opção de lazer dos brasileiros, a TV é que tem a atenção em primeiro lugar na pesquisa da Fecomércio (RJ).
Uma crise econômica é suportável quando podemos perceber que há futuro. Se estamos caminhando para uma saída, enfrentar obstáculos, conviver com contradições e conflitos são sacrifícios necessários e suportáveis.
Torna-se mais real o direito de consumir do que o de participar e reivindicar. A igualdade que tanto se almeja no regime participativo não é o que se quer no mundo do consumo. Não queremos que todos tenham acesso aos bens que se diferenciam.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS